Pesquisa sobre o Resgate da Estrutura Familiar

Um grupo de alunos do 3º período de Direito, preocupado com os graves problemas enfrentados pelas famílias, decidiu realizar uma campanha cujo objetivo é resgatar a estrutura familiar. O trabalho de conscientização teve como público-alvo os alunos da Escola Estadual Divina Providência, em Belo Horizonte.

Orientados pela professora Carolina Venâncio, os alunos Emanuel Henrique, Frederico Augusto Penido Ferreira, Márcia Cristina Martins Ramos, Mirley Moraes Torres da Costa, Ricardo Augusto dos Santos, Saionara Messias Martins Silva e Valéria Andrade de Oliveira buscaram minimizar os problemas sociais decorrentes da falta de estrutura familiar, desenvolvem um projeto de pesquisa com o tema “Estrutura Familiar”.

O trabalho em questão foi realizado dentro da escola estudada e em conjunto com a comunidade. O grupo pesquisou meios para garantir mais dignidade humana às crianças, frutos de famílias desestruturadas.

“Trabalhamos para identificar se o princípio constitucional que garante dignidade às crianças tem sido garantido por todos os grupos sociais, também procuramos deixar definitivamente o pensamento de que a responsabilidade por esta garantia não é somente do estado; assim, todos nós somos responsáveis por esta garantia”, explicou Carolina Venâncio.

Sob a orientação da professora, os alunos promoveram palestras, panfletagens, lazer e um dia especial para as famílias da comunidade na escola, juntamente com os profissionais da instituição; ainda tiveram o total apoio da direção da escola.

 

Pesquisa comunitária02 [800x600]

avaliacao-institucional

Notícias, Sem categoria

Vem aí Avaliação Institucional 2019.2

Vem aí Avaliação Institucional Asa 2019.2

banner para site

Notícias

Vestibular Faculdade Asa de Brumadinho

Estão abertas as inscrições para o vestibular da Faculdade ASA de Brumadinho 2020. Saiba mais sobre a bolsa Avante

Auditório lotado, durante palestra

Direito, Notícias

Faculdade ASA recebe ministra Cármen Lúcia para aula magna do curso de direito

Com auditório cheio, os alunos